Avast Antivírus

Solicite sua cotação preenchendo os campos abaixo:

A Serinfo é um revendedor autorizado do antivírus Avast, o antivírus mais conceituado do mercado, entre em contato agora mesmo e saiba como proteger os computadores da sua casa ou empresa com as soluções da Avast.

avast

Como revendedor autorizado da Avast em Curitiba, a Serinfo leva mais um benefício a seus atuais e futuros clientes com um desconto especial na compra das licenças e com o suporte total na instalação, entre em contato agora mesmo e adquira suas licenças.

Versões

Trabalhos tanto com as versões domésticas: Pro Antivirus, Internet Security e Premier. Versões corporativas: Endpoint Protection, Endpoint Protection Plus, Endpoint Protection Suite, Endpoint Protection Suite Plus, File Server Security e Email Server Security.

Vale a pena investir em um antivírus?

Sim, principalmente se você considera importante os seus dados, sua privacidade e a garantia um bom uso do seu computador.

Pesquisa

Para 54,2% dos empresários brasileiros os riscos de ataques cibernéticos aumentaram no ano de 2013. Ao mesmo tempo, 62,2% das empresas declararam que vão ampliar seus investimentos em segurança da informação, enquanto 30,4% dizem que irão manter as estratégias já utilizadas no último ano. O levantamento ainda indica que, no último ano, 90,2% das empresas brasileiras aumentaram ou mantiveram o investimento em segurança de dados. Ainda entre as companhias brasileiras, 33,7% indicaram que o investimento em segurança da informação é estabelecido na faixa de US$ 500 mil até US$ 2 milhões.

Para Sergio Kogan, líder de Segurança da Informação da EY no Brasil, a conscientização dos empresários ainda não é condizente com os enormes riscos representados pelos crimes virtuais. “O crime cibernético é a maior ameaça à sobrevivência das organizações hoje. Embora uma parcela cada vez maior do orçamento venha sendo destinada à inovação em segurança, muitos profissionais da área ainda acreditam que seu orçamento não seja suficiente para lidar com riscos”, acredita.

Fonte: EY Brasil